Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Governo Aberto RJ Página inicial
Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
Compartilhe nas mídias sociais  
Home :: Plantão dengue :: Notícias

Notícias

Zika: Fiocruz investe em ações para atender crianças e familiares
Brasil - 22/04/2019

Entre as várias ações da Fiocruz para ampliar a atenção a crianças em condições crônicas, está disponível o curso Atenção Integral às Crianças com Alterações do Crescimento e Desenvolvimento

Zika: Fiocruz investe em ações para atender crianças e familiares

Três anos após a epidemia de zika e dos casos de Síndrome Congênita do Vírus Zika (SCVZ), as crianças e as famílias afetadas pela doença continuam a lutar por acesso à saúde numa concepção integral. Entre suas diversas necessidades, destacam-se serviços de reabilitação, medicamentos anticonvulsivantes, cadeira de rodas, suplementos nutricionais, entre outros, assim como o acesso aos direitos sociais de modo geral.

Diante disso, o Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) promoveu o evento Construir a intersetorialidade para promover a saúde: o que existe e o que podemos fazer para melhor atender às crianças e famílias afetadas pelo zika. A proposta foi trocar conhecimentos sobre o tema, a fim de promover ações intersetoriais de atenção das crianças com condições crônicas de saúde, com ênfase na SCVZ.

O objetivo do evento foi aproximar pessoas e promover o diálogo, visando construir a atenção a essas crianças no Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa contou com a participação de representantes de secretarias estaduais de Saúde, Assistência Social e Educação, Ministério Público, associações de mães e pesquisadores.

Curso livre e gratuito

Entre as várias ações da Fiocruz para ampliar a atenção a crianças em condições crônicas, está disponível o curso Atenção Integral às Crianças com Alterações do Crescimento e Desenvolvimento, relacionadas às Infecções Zika e Storch. Gratuito, livre e à distância, o curso pode ser acessado até 19 de setembro. A formação visa qualificar profissionais de saúde que atuam em atenção primária ou Estratégia de Saúde da Família (ESF), para que estejam aptos a apoiar crianças com alterações motoras relacionadas às infecções virais zika e storch.

Trata-se de uma iniciativa do Ministério da Saúde, por meio das Secretarias de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, de Atenção a Saúde e de Vigilância em Saúde, em parceria com a Fiocruz Pernambuco, a Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), o IFF e o Campus Virtual Fiocruz. Para se inscrever basta acessar o site da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS).

Fonte: Agência Fiocruz de Notícias


Denúncia de focos



As secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis pelo combate direto ao mosquito.

Clique aqui e veja como entrar em contato com a secretaria de sua cidade.
Acompanhe o Rio Contra Dengue nas mídias sociais

Facebook Twitter Youtube
Secretaria de saúde
Links interessantes:
PET Rio sem fumo Rio imagem Rio com Saúde Xô, Zika !!


Alguns direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil