Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Governo Aberto RJ Página inicial
Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
Compartilhe nas mídias sociais  
Home :: Plantão dengue :: Destaques

Destaques

Prevenção: um hábito que deve fazer parte da sua rotina durante todo
21/03/2019

Alguns hábitos que não podem mudar, um deles é a prevenção e o combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da de dengue, da chikungunya e da zika.

Prevenção: um hábito que deve fazer parte da sua rotina durante todo

O verão, principalmente durante o mês de janeiro, foi bem quente. Muita gente esperava ansiosamente pelo outono que, finalmente chegou. A nova estação começou no dia 20 de março e, como uma estação de transição entre o verão e o inverno, deve trazer não só um refresco, mas também algumas mudanças de hábitos. Talvez você fique mais em casa ou opte por programas diferentes ao ar livre para curtir os dias de outono que costumam ser muito bonitos.

É bom fazer coisas diferentes, mas há alguns hábitos que não podem mudar. Um deles é a prevenção e o combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da de dengue, da chikungunya e da zika.

Embora os casos dessas doenças sejam mais comuns e numerosos nos meses mais quentes do ano. As ações de prevenção não podem parar. Ao contrário, devem ser um hábito que faça parte da sua rotina ao longo de todo o ano.

Afinal, como o mosquito transmissor da dengue tem hábitos domésticos – não por acaso, a maior parte dos criadouros costuma ser encontrada dentro das residências – e as ações para eliminar focos e, consequentemente, prevenir surtos da doença, dependem do empenho de toda a população. Ou seja, seu olhar atento e seu cuidado constante podem fazer a diferença na luta contra as três doenças.

Na prática, isso significa criar e manter uma rotina para impedir que o Aedes aegypti encontre, dentro da sua casa, locais propícios para se procriar. Com 10 minutos por semana você pode fazer isso. Este intervalo é determinado pelo ciclo de vida do mosquito. Como este ciclo leva, do ovo até a fase adulta, cerca de 7 a 10 dias, se a verificação e eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, será possível evitar o nascimento de novos mosquitos.

Portanto, limpe o que deve ser limpo, feche o que pode ser fechado, retire recipientes abertos de locais descobertos e verifique caixas d’água, cisternas e poços semanalmente. Para ajudá-lo, o portal 10 Minutos Salvam Vidas criou o checklist dos 10 Minutos Contra a Dengue. Confira aqui!


Denúncia de focos



As secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis pelo combate direto ao mosquito.

Clique aqui e veja como entrar em contato com a secretaria de sua cidade.
Acompanhe o Rio Contra Dengue nas mídias sociais

Facebook Twitter Youtube
Secretaria de saúde
Links interessantes:
PET Rio sem fumo Rio imagem Rio com Saúde Xô, Zika !!


Alguns direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil